Tribunal Regional Federal da 1ª Região

início
Ir para Menu Ir para Conteúdo Ir para Busca Ir para Mapa Ir para Acessibilidade
  • Ciclo 2021-2026

       Os objetivos estratégicos da Justiça Federal da 1ª Região para os anos de 2021 a 2026 serão definidos pela governança com base em pesquisa eletrônica ampla realizada no período de 1º a 7/12/2020. Acesse no link abaixo os resultados da pesquisa:

  • Ciclo 2015-2020

       

      Objetivos Estratégicos da Justiça Federal para os anos de 2015 a 2020 

      1.       Buscar a satisfação do usuário/cidadão: prestar serviços de qualidade na busca da satisfação dos usuários da Justiça Federal, de modo a assegurar os direitos de cidadania.

      2.       Agilizar os trâmites judiciais: tornar a prestação jurisdicional mais ágil, com vistas à razoável duração do processo, mediante a implementação de ações que propiciem o aumento da produtividade de magistrados e servidores sem prejuízo da segurança jurídica e procedimental.

      3.       Aumentar o número de processos encerrados por meio de conciliação: desenvolver a conciliação, especialmente pré-processual, para ampliar o quantitativo de processos encerrados pela via conciliatória.

      4.       Agilizar os trâmites judiciais dos processos criminais, de modo a combater a impunidade: dar maior celeridade aos julgamentos, assegurando a razoável duração do processo, evitando a ocorrência de prescrição, e aumentar a produtividade em relação ao julgamento de crimes relacionados à improbidade administrativa, ao tráfico de pessoas e ao trabalho escravo.

      5.       Aperfeiçoar a gestão da execução da pena alternativa: propiciar maior eficiência na execução e na fiscalização de penas alternativas.

      6.       Agilizar os trâmites judiciais no cumprimento do julgado: promover a celeridade e a efetividade no cumprimento do julgado visando à diminuição do acervo de processos nessa fase.

      7.       Agilizar os trâmites judiciais das execuções fiscais: promover a celeridade e a efetividade nas execuções fiscais visando à diminuição do acervo

      8.       Agilizar os trâmites processuais na busca do julgamento célere das ações de improbidade administrativa: garantir a agilidade na tramitação dos feitos relacionados à improbidade administrativa pendentes de julgamento, a fim de assegurar a razoável duração do processo.

      9.       Aprimorar o funcionamento do sistema de controles internos da Justiça Federal: aperfeiçoar os sistemas de controles internos da Justiça Federal.

      10.   Reduzir o acúmulo de processos relativos às demandas repetitivas e dos grandes litigantes: aprimorar a gestão das demandas repetitivas, considerando os processos sobrestados por recursos repetitivos e de repercussão geral, a fim de reduzir o acúmulo desses processos.

      11.   Desenvolver o potencial humano nos órgãos da Justiça Federal: fortalecer o grau de satisfação no ambiente de trabalho, promovendo políticas de gestão de pessoas que contribuam para o bem-estar de magistrados e servidores e para a melhoria do clima organizacional.

      12.   Otimizar custos operacionais: buscar a racionalização na aquisição e utilização dos bens e serviços por meio de ações conjuntas dos órgãos da Justiça Federal, atendendo aos princípios constitucionais da Administração Pública.

      13.   Aprimorar a organização e as práticas de gestão estratégica da Justiça Federal: propiciar aos gestores, magistrados e servidores ferramentas de planejamento, de tecnologia da informação, de gestão de projetos e de processo de trabalho, de comunicação e de monitoramento da estratégia que favoreçam a implementação da estratégia da Justiça Federal.

      14.   Assegurar a efetividade dos serviços de TI para a Justiça Federal: suprir as necessidades de infraestrutura tecnológica e de sistemas de informação visando à melhoria da satisfação dos clientes internos e externos da Justiça Federal em relação aos serviços de tecnologia da informação.

      15.   Aperfeiçoar a governança de TI na Justiça Federal: aperfeiçoar e consolidar conjuntos de estruturas organizacionais e de processos que envolvem a alta direção, as gerências de TI e as gerências de negócio nas tomadas de decisão sobre o uso de TI, para garantir o alinhamento entre as estratégias da JF e as operações das áreas de TI e de negócio.

       

Edifício Sede I: SAU/SUL Quadra 2, Bloco A, Praça dos Tribunais Superiores

CEP: 70070-900 Brasília/DF - Telefone: (61) 3314-5225

CNPJ: 03.658.507/0001-25